NÃO PERCA ESSE BOND

Ativos e projetos elegíveis à emissão de Títulos Verdes
em setores-chave da economia brasileira

Baixe o estudo gratuitamente

Preencha o formulário abaixo

Preencha corretamente os campos marcados

Enviando...

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

SOBRE O ESTUDO

As emissões de Títulos Verdes por organizações brasileiras já somam R$ 15,6 bilhões (Set/2018) e estão associadas, principalmente, aos setores de energia eólica e papel e celulose. Para estimular o mercado brasileiro de Títulos Verdes a crescer em volume e alinhamento à agenda ambiental e climática do país, a SITAWI, com o apoio do Instituto Clima e Sociedade (iCS), lança a publicação “NÃO PERCA ESSE BOND: ativos e projetos elegíveis à emissão de Títulos Verdes em setores-chave da economia brasileira”.

 

O guia apresenta 104 atividades e tecnologias elegíveis a receberem recursos de Títulos Verdes em 9 setores-chave da economia brasileira: Agropecuário, Biocombustíveis, Elétrico, Florestal, Imobiliário, Industrial, Saneamento e Resíduos, Transportes e Financeiro, este último com atuação transversal em relação aos demais setores.

FINANÇAS DO BEM

Fundada em 2008 com a missão de mobilizar capital para impacto socioambiental positivo, a SITAWI Finanças do Bem é uma organização pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para o setor social e na análise da performance socioambiental de empresas e setores.

A SITAWI monitora e modela impactos socioambientais nos negócios e aconselha instituições financeiras (bancos, seguradoras, fundos de pensão e gestores de recursos) na incorporação de questões socioambientais em suas estratégias de negócio, desenvolvimento de produtos, análise de riscos e investimentos. Foi eleita por investidores como a 10ª melhor casa de pesquisa socioambiental do mundo e teve o segundo melhor analista, além de outros dois integrantes entre os 20 mais bem colocados no ranking Independent Research in Responsible Investment - IRRI 2017.

"Um mundo onde o capital é mais barato, abundante e paciente para organizações e negócios que geram impacto socioambiental positivo"