Guia da EFPC Responsável

Seleção e Monitoramento de Gestor Terceirizado com critérios ASG

FAÇA O DOWNLOAD DO GUIA

Preencha o formulário

Preencha corretamente os campos marcados

Enviando...

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM 🔒

SOBRE O GUIA

O “Guia da EFPC Responsável: Seleção e Monitoramento de Gestor Terceirizado com Critérios ASG” é uma iniciativa da Comissão Técnica Nacional de Sustentabi- lidade da Abrapp (CTNSus), do Principles for Responsible Investment (PRI) e do CDP, com parceria técnica de conteúdo da SITAWI Finanças do Bem. Esse guia tem como objetivo principal fornecer diretrizes e ferramentas para apoiar as associadas da Abrapp na evolução de suas práticas de investimento responsável, em especial na avaliação da capacidade do gestor terceirizado em integrar aspectos ASG nas práticas de investimentos. Recomenda-se que as orientações do Guia sejam incorporadas no processo de seleção e periodicamente no processo de monitoramento realizado pelas entidades.

 

O Guia descreve o passo a passo do processo de seleção e monitoramento de gestores, apresentado na figura 3. Além disso, inclui um questionário de avaliação das práticas de investimento responsável do gestor com questões gerais e específicas de classes de ativos (renda variável, renda fixa: crédito; investimento em participações: private equity; imóveis; investimentos estruturados: infraestrutura) e uma lista de documentos do gestor a serem avaliados.

Esse guia traz um conjunto de ações, não exaustivas, que podem ser adotadas pelas EFPC como forma de selecionar e monitorar seus gestores terceirizados. É importante destacar que os processos descritos deverão ser adaptados à realidade de cada entidade, bem como a classe de ativos gerenciada pelo gestor terceirizado. Nesse contexto, se recomenda que a EFPC estabeleça a integração de critérios ASG de maneira formal dentro do processo de seleção e monitoramento de gestores, incluindo o tema no documento formalizado/manual já existente. Essa ação, além de garantir alinhamento interno, faz com que os gestores terceirizados entendam previamente as expectativas das EFPCs. É também incentivado que as entidades mantenham um canal aberto com seus gestores para compartilhar boas práticas e padrões relacionados à incorporação de temas ASG na análise de investimento, bem como para colaborar para endereçar desafios e outros temas emergentes.

SITAWI Finanças do bem

Fundada em 2008 com a missão de mobilizar capital para impacto socioambiental positivo, a SITAWI  Finanças do Bem é uma organização pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para o setor social e na análise da performance socioambiental de empresas e instituições financeiras. A SITAWI monitora e modela impactos socioambientais nos negócios e aconselha instituições financeiras (bancos, seguradoras, fundos de pensão e gestores de recursos) na incorporação de questões socioambientais em suas estratégias de negócio, desenvolvimento de produtos, análise de riscos e investimentos. Em 2016, foi eleita por investidores como a 9ª melhor casa de pesquisa socioambiental do mundo pela Extel Independent Research on Responsible Investment.

A SITAWI Finanças do Bem mobiliza capital para impacto socioambiental positivo.

Saiba mais: www.sitawi.net